5 erros evitar numa startup

Posted on 27 de Junho de 2014 por

5


Negócios rentáveis: 5 erros a evitar numa Startup imagem de destaque, Negócios rentáveis, Negócios de sucesso, Startup, Empreendedor

Negócios rentáveis: 5 erros a evitar numa Startup

A maior parte dos negócios, quer sejam negócios online ou tradicionais, em particular startups, não falham ao nível da oferta dos produtos ou serviços. Falham na aquisição de clientes.

Se tu queres alcançar o sucesso, deves evitar os principais erros que eu tenho visto, uma vez e outra, quando uma startup tenta ganhar tracção no mercado.

É importante referir o que eu entendo por startup: empresa nova ou recente que está ainda em fase de desenvolvimento e pesquisa de mercado, com espirito empreendedor. Geralmente associa-se uma startup a empresa de internet, porque é mais barato criar uma empresa com negócios online. No entanto, uma startup pode actuar em qualquer área de negócio, desde áreas tradicionais até à base tecnológica.

Se tu tens uma startup ou tens ideias de negócios rentáveis que poderão alavancar o arranque de uma startup, poderás apreender quais são as 30 etapas de como começar negócio online.

Negócios rentáveis: 5 erros a evitar numa Startup, Negócios rentáveis, Negócios de sucesso, Startup, Empreendedor

Negócios rentáveis: 5 erros a evitar numa Startup

Também deverás conhecer os 5 erros que deves evitar numa startup (por ordem de importância):

  1. Não procuras ganhar tracção no mercado em paralelo com o desenvolvimento da oferta (produto ou serviço)

Os benefícios da aquisição de clientes não podem ser subestimados. Primeiro e mais importante, tu tens que usar o feedback do cliente para melhorar a tua oferta e evitar, assim, o investimento em algo que as pessoas não querem ou evitar que invistas no desenvolvimento de uma oferta interessante, mas insuficiente para suportar um negócio. Segundo, lanças a tua oferta já com uma boa base de clientes iniciais. Terceiro, estás a preparar-te para aumentar a escala do teu negócio porque estás a testar, deste o inicio, a tua mensagem de marketing e os teus canais de distribuição , pelo que poderás identificar melhor qual deverá ser o teu principal focos na fase pós-lançamento da oferta.

 

  1. Não investes tempo suficiente na tracção do mercado

Eu acredito que o marketing e vendas são tão importante como a oferta. Isto significa que literalmente deves despender 50% do teu tempo a ganhar tracção no mercado. Se a tua startup tem dois co-fundadores, não sou defensor de uma divisão 50/50 entre um fundador técnico e outro não técnico. Poderás maximizar as probabilidades de êxito se ambos os co-fundadores se dedicarem às tarefas de ganhar tracção no mercado.

 

  1. Tens preconceitos ou és contra determinadas tracções verticais

Muitas “verticais” têm sido usadas pelas startups para ganhar tracção no mercado – desde as relações públicas tradicionais até à optimização nos motores de busca (SEO) ou o marketing nas redes sociais (Social Media). Geralmente, num determinado estágio de crescimento da startup, algumas dessas verticais destacam-se, só que é imprevisível saber quais delas.

Um dos maiores preconceitos é o preconceito da disponibilidade. Geralmente as startups não pensam em determinadas verticais como “infomercials” ou “billboards” porque não têm essa visão. Outro preconceito é o preconceito de ser contra coisas que poderão ser vistas como desaconselháveis, tais como vendas afiliadas, mas que não têm que ser desaconselháveis de todo. Um terceiro preconceito é o preconceito de ser contra tarefas aborrecidas ou desagradáveis – onde geralmente se enquadra o desenvolvimento do negócio!

O meu ponto é que deves considerar todas as verticais que possam dar-te traccção no mercado. Isto não quer dizer que tenhas que usar todas elas, mas pelo menos não deves descartar logo à partida algumas delas.

 

  1. Não és sistemático no processo de obter tracção

Geralmente uma startup tem um processo bem definido para desenvolver um produto ou oferecer um serviço, mas não tem nada estabelecido para marketing e vendas. Normalmente o empreendedor desenvolve a oferta, depois freneticamente tenta perceber como é que a sua startup a deve promover, e depois, de forma atabalhoada, tenta várias coisas ao mesmo tempo, desde obter cobertura da imprensa, investir em adwords ou publicidade no facebook, etc.

Tu podes fazer muito melhor do que isto! Eu aconselho-te a escolheres as verticais mais promissoras onde irás investir (a escolha deverá ter em conta o tipo de oferta, o tipo de mercado e o estágio actual de desenvolvimento da empresa). Lista essas verticais por ordem de potencial para o teu negócio. Depois escolhe, por exemplo, as cinco verticais com mais potencial e faz alguns testes. Se uma ou duas verticais obtiverem boas respostas, então foca-te nelas; as que não funcionarem, descarta-as e escolhe da tua lista outras verticais. E assim sucessivamente até esgotares todas as verticais possíveis. No fim, terás uma lista das verticais com os melhores resultados.

 

  1. Não aproveitas micro-oportunidades.

Micro-oportunidades são oportunidades curtas que podem dar-te tracção se responderes com rapidez. Um exemplo comum é responder a um assunto que esteja a ter grande cobertura na imprensa.

Para aproveitares essas micro-oprtunidades, tens que ser observador, flexível e criativo. Isto significa na prática que geralmente tens que ter em atenção o ponto #2, isto é, tens que investir tempo suficiente para ganhares tracção e para que saibas reconhecer uma micro-oportunidade quando a vires.

Para que saibas, eu próprio já cometi esses erros. O meu primeiro negócio foi um autêntico desastre. A minha segunda tentativa acabou por ir na direcção errada, pois perdi mais tempo a ganhar tracção do que a desenvolver a oferta, o que fez com que o negócio deixasse de ser sustentável a longo-prazo. Agora, tento evitar todos esses erros.

E qual é a tua experiência? Já cometeste alguns destes erros? Será que esqueci-me de algum erro importante? Partilha em baixo a tua opinião.

Carlos Rodrigues

Director de Marketing / Gestor de Marketing Digital

© Marketing Digital Portugal, Leiria

Advertisements
Posted in: Empreendedorismo