7 Páginas Essenciais no Website

Posted on 24 de Julho de 2013 por

3


7 Páginas Website, imagem de Destaque

Como começar negócio online: Etapa #16, 7 Páginas Essenciais Website

Na última etapa, instalaste os plugins obrigatórios no teu website em WordPress. Hoje, vais escrever o conteúdo do teu website, algo essencial na estratégia de marketing digital do teu negócio online. O conteúdo do teu website é fundamental para atraíres visitantes e transforma-los em clientes, isto é, é o conteúdo que vai permitir transformares o teu website numa ferramenta de Inbound Marketing, capaz de aumentar as vendas do teu negócio online.

7 Páginas Essenciais no Teu Website do Teu Negócio Online, fundamental na tua estratégia de Marketing Digital

7 Páginas Essenciais no Teu Website

Para isso, deves criar “páginas” no WordPress e não “artigos”. Páginas são conteúdos estáticos no teu website. Pelo contrário, “artigos” são peças de informação que publicas no teu blogue, o qual por definição tem conteúdo dinâmico.

Esta será mais uma etapa importante na tua estratégia de marketing digital, fundamental para o sucesso do teu negócio online. Se perdeste os artigos anteriores, começa na etapa #1.

Tipos de páginas

O website do teu negócio online deve ter o seguinte tipo de páginas:

  • Páginas destinadas à missão crítica. Estas são as páginas que levam o cibernauta a cumprir a missão crítica (por exemplo, preencher formulários, comprar produtos ou tornar-se fã da tua fanpage).
  • Páginas para gerar relacionamento com o teu público alvo. Conteúdo destinado aos leitores e seguidores, e que tem como objectivo atrair potenciais clientes e gerar relacionamento com eles. Por exemplo, se tiveres um blogue, os visitantes podem deixar os seus comentários.
  • Páginas mais institucionais. São as páginas que falam mais sobre ti e o teu negócio online, por exemplo, as páginas “sobre nós” e “produtos e serviços”.

As 7 páginas obrigatórias no teu website

São 7 as páginas essenciais que tens que ter no website do teu negócio online:

1.       Página de início (Homepage)

Esta é a página de entrada, ou a primeira página a ser vista pelos visitantes quando introduzem o URL do teu domínio (do tipo http://www.negocioonline.pt, lembraste da etapa #13). A página de início deve ter um título ou cabeçalho que apela aos teus visitantes a lerem o resto da página. Esta informação também é importante para melhorar o SEO do teu negócio online.

Aqui é onde entra o teu argumento único de vendas. Se fizeste a tarefa da etapa #9, terás alguma coisa para colocar na página de início.

A página de início deve ter ainda um aspecto gráfico apelativo e profissional, deves utilizar as imagens certas, que ajude a comunicar o teu argumento único de vendas, para cativar os teus potenciais clientes.

Tu também quererás adicionar o logo ou uma fotografia do teu negócio online. Poderás ainda adicionar a tua própria fotografia. Irá ajudar a conectar-te com os teus potenciais clientes e dará um tom mais informal e pessoal ao teu negócio online.

A página de início deve ser sucinta, mas tem que ter um resumo dos teus serviços. Deve ainda conter as ligações (links) para as outras páginas do teu website, tais como a tua lista de produtos ou serviços. Ela deve ser seu uma peça do teu marketing de conteúdos.

2.       Sobre

Aqui deves colocar a tua história, o que escreveste na etapa #5 . Podes querer rever esta parte para melhor se adaptar à tua página “sobre”.

Esta página tratará sobre o teu negócio online, a empresa, a história, a missão, os valores, a direcção, prémios e outras informações que têm apenas a função de aumentar a credibilidade do teu negócio online para o consumidor, mas não de iniciar nenhum tipo de relacionamento com o mercado.

Esta página é importantes, mas num segundo momento, depois de o consumidor ter encontrado o teu negócio online e ter começado, minimamente, um relacionamento contigo.

Esta página, tal como a seguinte “produtos e serviços”, é o conteúdo obrigatório inerentemente de autopromoção, que fala sobre ti. Por isso, para atrair clientes, tem que ser empacotado com muito valor lá dentro. Isto tudo para que possa atrair um maior número de pessoas, de modo que os teus esforços se traduzam em mais vendas e alcances o sucesso no teus negócio online. Chamamos a esse tipo Conteúdo de Base.

Se não colocaste a tua foto na página de início, definitivamente deves colocá-la aqui. É tempo dos teus potenciais clientes conhecerem melhor quem está por detrás do teu negócio online.

Adicionalmente, aqui podes incluir uma sub-página destinada à imprensa, em que colocas fotografias “oficiais”, informações do teu negócio online, vídeos de entrevistas, todas as menções nos media. Esta página poderá funcionar como um argumento de autoridade para os consumidores.

3.       Produtos/Serviços

Esta é a página onde publicas o teu menu de produtos e serviços, que completaste na etapa # 7. A página deve ser fácil de ler, de modo que os teus potenciais clientes não fiquem confusos ou perdidos. É fácil perder clientes desta maneira.

Se decidiste também publicar os teus preços (o que eu recomendo vivamente), utiliza o que fizeste na etapa #8. Volta a ler as minhas recomendações nesse artigo para saberes a melhor maneira de colocares a tua tabela de preços.

A página de produtos ou serviços é uma página importante na missão crítica do teu website. Tipicamente terás uma página por cada produto ou serviço, contendo a maior quantidade possível de informação sobre o produto ou serviço que está a ser apresentado. Deverão ser apresentados os benefícios do produto, serviços complementares ou associados, documentos PDF com as características do produto ou serviço, links para os artigos que estejam relacionados, fotografias, vídeos mostrando como o serviço será prestado, etc. Deverá ser possível mostrar os comentários produzidos pelos utilizadores. É importante ter um formulário de contacto rápido, para que a pessoa preencha o pedido de orçamento já a partir da página do próprio produto ou serviço.

4.       Contactos

É essencial que os potenciais clientes sejam capazes de te contactar a partir do teu website! Aqui podes colocar diversas formas de contacto:

  • Número de telefone. Muitas pessoas gostam de entrar em contacto com um negócio online antes de iniciarem a relação comercial. Mas, aqui a opção depende de ti e do tipo de negócio online. E lembra-te que terás que ter disponibilidade para o atendimento telefónico.
  • Formulário. É o mínimo que deves oferecer. O formulário que é a porta de entrada do visitante na sua empresa, visando torná-lo um cliente, é, portanto, uma das partes mais importantes do teu website. Preferencialmente, coloca-o em todas as páginas e cuide bem da sua taxa de conversão. É aqui onde entra a minha recomendação da etapa #15 Contact Form 7 plugin. Este plugin cria um formulário no teu website sem teres que mostra o teu endereço de correio electrónico (email). Não deves publicar o teu email para não ficares vulnerável à publicidade não solicitada (spam).
  • Redes sociais. Deverás ter os contactos nas redes sociais, mostrando os icons e o número de pessoas que gostaram da marca no Facebook ou mostrar os últimos tweets relacionados com a empresa. Estes contactos deverão aparecer em todas as páginas para facilitar a adesão dos teus visitantes.

Aqui incluem-se os formulários que são a porta de entrada do visitante na sua empresa, visando torná-lo um cliente, são, portanto, uma das partes mais importantes do seu site. Ponha-os em todas as páginas e cuide bem da sua taxa de conversão.

5.       Testemunhos

A página de testemunhos é um componente crítico no seu website. Os potenciais clientes poderão pensar que correr alguns riscos quando adquirem os teus produtos e serviços pela primeira vez. Por isso, é importante que eles leiam os teus testemunhos de clientes, de modo a pensaram que é seguro iniciar uma relação comercial contigo.

Se fizeste a tarefa da etapa #11, deves ter alguns testemunhos que poderás colocar no teu website. Por agora, coloca o que tiveres. Mais tarde, poderás acrescentar mais evidências de como és bom no teu negócio online.

6.       Referências

Os teus potenciais clientes definitivamente quererão ter referências do teus trabalho e, se possível, ver algumas amostras. Se tens trabalhos publicados online, coloca nesta página um link para essas amostras.

Por exemplo, se o teu negócio online é na área do design, podes colocar o link para trabalhos que tenhas realizado, ou inclusive tu próprio podes publicar os teus melhores trabalhos no website. Se as tuas amostras são objectos físicos, tais como artigos publicados em revistas ou brochuras que desenhaste, podes fazer um scan ou tirar fotografias desses objectos.

Muito importante: antes de publicarem as referências no teu website, pede autorização. Muitos clientes não querem que os seus nomes sejam divulgados. Se publicarem materiais, verifica primeiro se tem direitos de copyright! Se for esse o caso, em vez da publicação, pede aos teus potenciais clientes para te contactarem se quiserem verem esses objectos.

7.       Blog

O Blog é essencial para qualquer negócio online para atrair clientes, pelo que deverás incluir um. Ele permite criar o Conteúdo de Comunidade, que tem como objectivo melhorar a tua credibilidade como especialista na área, ao mesmo tempo que aumentar a confiança dos teus potenciais clientes na tua empresa ou marca. E, o mais importante, este tipo de conteúdo irá atrair clientes para o teu negócio online.

Eis o que deves conseguir com o teu blog:

  • Salientar a tua experiência. Os teus artigos devem reflectir a experiência que tens nessa área.
  • Atrair tráfego. O blog contém conteúdo fresco, actualizado regularmente. Será o conteúdo que irá atrair tráfego para o teu website.
  • Centro para a promoção nas redes sociais. O blog é central para a participação nas redes sociais. É a razão para alcançares os teus contactos nas redes sociais. Quando publicares nas redes sociais, estarás a promover os artigos que publicas no teu blog.

Um blog requer muito esforço, mas definitivamente um investimento num blogue é algo que deves fazer se queres alcanças o sucesso no teu negócio online.

A publicação de artigos deverá ter uma periodicidade no mínimo semanal e os artigos deverão falar mais sobre os benefícios dos teus produtos ou serviços e menos sobre o que o teu negócio online vende.

Será interessante disponibilizares, no final de cada artigo, os produtos ou serviços que têm relação com o conteúdo escrito, do tipo: “Gostou? Então saiba mais sobre como …”. Cada artigo deverá ter uma fotografia para lhe dar mais identidade própria.

Outras páginas que poderás ter

Ao fim desta etapa, tens as 7 páginas essenciais para o teu website profissional do teu negócio online. Há outras páginas que podes adicionar, mas essas eu penso que serão opcionais, tais como:

  • Recursos: links para outros websites que tenham alguma relação com o teu negócio online, por exemplo, portais da especialidade, parceiros.
  • Privacidade: a tua política sobre como proteges a privacidade dos visitantes do teu website.
  • Downloads & Freebies: uma página para fazer o download de material gratuito que valha a pena ser descarregado, tais como, ebooks, apresentações, vídeos, relatórios especiais, white papers, etc. Deves vincular sempre o download ao email do consumidor, a que chamamos isco digital. Para isso, utiliza o plugin que recomendei anteriormente  Email Before Download que mostra aos utilizadores um formulário sempre que querem descarregar um documento e enviar um email com o link para fazer o download – para assim validar o endereço de email.
  • Campanhas: página para mostrar aos consumidores as campanhas que estão no ar, sempre com um aspecto de propagação – deves sempre ter um botão de “partilhe” para as redes sociais.

Que outras páginas pensas tu que deverias ter no teu website? Será que me esqueci de alguma realmente importante? Partilha a tua opinião em baixo.

Carlos Rodrigues

Director de Marketing / Gestor de Marketing Digital

©Marketing Digital Portugal, Leiria

Anúncios
Posted in: Empreendedorismo