O Teu Portfolio de Clientes

Posted on 29 de Abril de 2013 por

1


Portfolio Clientes. imagem de Destaque

Como começar negócio online: Etapa #12, O Teu Portfolio de Clientes

Hoje vais reunir todos os teus trabalhos já realizados e que possam convencer os teus potenciais clientes a contratarem-te: o Teu Portfolio de Clientes.

A tarefa para hoje é reunir as amostras dos teus trabalhos e definir o teu portfolio de clientes. O teu portfolio irá ajudar-te a posicionar-te como um especialista no teu negócio online e irá ajudar-te a ganhares novos clientes. Deves reunir as amostras mais importantes dos teus trabalhos, pelo menos uma amostra por cada serviço que planeias comercializar. Esta é uma tarefa importante para garantir o sucesso do seu negócio online.

Tens tudo? Óptimo, mas o teu trabalho só agora começou.

Vais iniciar a etapa #12 de como começar o seu próprio negócio online, mais uma importante etapa na tua estratégia de marketing digital. Se perdeste os artigos anteriores, vê o artigo inicial de “Como começar o seu próprio negócio online”.

Decidir o que incluir no portfolio do teu negócio online

Como deves decidir o que incluir no teu portfolio? Se apenas incluis os teus trabalhos favoritos, podes estar a apontar na direcção errada e a não atrair potenciais clientes. Se apenas incluis projectos complexos e demorados, poderás estar a atrair um segmento de mercado que não é o teu principal alvo. O portfolio do teu negócio online deverá ser capaz de mostrar não só as tuas capacidades profissionais, como salientar a qualidade do teu trabalho e a tua criatividade. E isso tudo alinhado com o público-alvo que pretendes alcançar.

Um Portfolio Impressionante para negócio online

Um Portfolio Impressionante

Vou-te apresentar cinco critérios que podes usar para criares o teu portfolio:

  1. Qualidade. Seleciona os teus melhores projectos. Pode ser o projecto onde dispendeste mais horas de trabalho e onde no fim ficaste mais impressionado com o resultado alcançado. Pode ser o projecto onde recebeste as melhores referências da tua indústria ou, inclusivé, aquele em que ganhaste um prémio. Pode ser ainda o projecto que os teus amigos, colegas de trabalho ou clientes escolheram como o melhor. Acredito honestamente que sabes quais são os teus melhores trabalhos. É importante incluires essas amostras no teu portfolio de modo a mostrares o teu enorme talento e de que pessoalmente tanto te orgulhas.
  2. Tamanho e/ou importância do cliente. Algumas vezes, o tamanho conta. Teres trabalhado para um cliente cujo nome seja conhecido, pode impressionar potenciais clientes. Se já tiveste a oportunidade de trabalhar para empresas ou indivíduos que são muito conhecidos, os teus potenciais clientes têm que saber disso. Mencionar os nomes de empresas conhecidas irá dar uma indicação clara aos teus potenciais clientes que és um reconhecido especialista na tua indústria. Os teus pontenciais clientes pensarão “bem, se ele faz isto para um grande nome, ele também é capaz de fazer o mesmo para mim.” É por isso que muitas empresas colocam nos seus websites a lista dos seus principais clientes. Deves não só criar uma lista com os teus clientes mais importantes, como mostrar o que exactamente fizeste para eles.
  3. Tamanho do projecto. Se um cliente anda à procura de alguém com experiência em projectos grande ou de elevada complexidade e se o teu website apenas mostra os logos das empresas clientes, ele não saberá que tu és capaz de fazer isso. Por isso, deves incluir uma descrição detalhada do que já fizeste. Projectos grandes ajudam a mostrar que tens uma gama muito completa de capacidades e provam que consegues oferecer soluções completas aos teus clientes.
  4. Idade dos trabalhos. Se incluires amostras de trabalhos que realizaste há 10 anos, estarás a dizer aos teus clientes “nós fizemos bons trabalhos há 10 anos, mas não temos nada recentes que valha a penas ser referido”. Quando vês isto acontecer em alguns portfolios, isto pode ser porque a empresa não tem feito um bom trabalho recentemente, ou, mais provavelmente, porque não têm tido tempo para actualizar o seu portfolio. Lembra-te que é vital manteres actualizado o teu portfolio. Idealmente, se tens um negócio online há já bastante tempo, os teus trabalhos têm melhorado e os tamanhos dos projectos têm vindo a aumentar – pelo que projectos melhores e maiores devem ser especialmente mostrados – lembras-te dos dois pontos anteriores?
  5. Proximidade com o teu projecto ideal. O ponto final, e talvez o mais importante, deves mostrar ao teu cliente ideal que podes fazer o seu projecto porque já fizeste um projecto similar. Assim, deves começar por definir quem é o teu cliente ideal. Depois define o que gostarias especialmente de fazer. De seguida, verifica se já realizastes algum projecto similar. Estarás a escolher o teu projecto ideal que irá atrair os teus clientes ideais.

Se tiveres um extenso portfolio, organiza-o por tipo de indústria, tipo de serviço, etc., de modo a ajudares os visitantes do teu website a encontrarem o tipo de projecto que andam à procura.

Se seguires estas dicas estarás a definir um portfolio que eventualmente te conduzirá ao projecto de sonho: um projecto gigante para uma empresa famosa no teu nicho de mercado que todos ambicionam ganhar um dia.

Se ainda não tiveres clientes ou tiveres zero amostras do teu trabalho

O que podes fazer se só agora estás a começar o teu negócio online? Já todos estivemos nessa situação em que ainda não tinhamos clientes ou referências de trabalhos realizados. Nesse caso, como podes definir o teu portfolio? Não te preocupes, pois vou explicar-te um método simples de definir um portfolio incrível que irá atrair potenciais clientes e também irá mostrar as tuas inumeras capacidades – tudo sem teres ainda qualquer cliente. Eis o que deves fazer: cria o teu próprio portfolio e faz as tuas próprias amostras. Como? É o que vou explicar a seguir:

  • No caso de teres um negócio online para criação de web sites ou web design, podes criar sites e produtos ficticios. Para cada website ou produto, coloca uma breve descrição, porque foi desenhado daquela forma, e quais foram os objectivos de marketing.
  • Se estiveres a vender serviços, deves oferecer um serviço grátis em troca de um testemunho e deves pedir permissão ao cliente para o incluires no teu portfolio de clientes. Já tinhamos visto este ponto no artigo anterior “Como começar o seu próprio negócio online: Etapa #11, A Prova Social”.

Tal como já tinha referido anteriormente, deves criar o teu porfolio pensando no tipo de clientes potenciais que queres atrair. Por exemplo, a loja online de vestuário e acessórios relacionados com bandas de música, Hot Topic, não pretende atrair homens de negócios porque este não é o seu público-alvo; eles pretendem atrair sobretudo pessoas jovens e que sejam fãs de determinadas bandas de música.

O benefício de criares um portfolio com os teus melhores trabalhos, e pensando no tipo de clientes potenciais que queres atrair, é que no final terás um portfolio imprecionante. Não só terá muita qualidade, como também irá atrair o tipo de clientes que te irão ajudar a acrescentar mais trabalhos desse tipo. Será fantástico porque assim irás fazer mais trabalhos de que realmente gostas. Há alguma coisa melhor do que trabalhares no que mais gostas? Este é um dos grandes benefícios de teres o teu próprio negócio online, certo?

Qual a tua opinião sobre a tarefa de hoje? Se tens as tuas próprias ideas ou sugestões sobre como definir um portfolio impressionante, partinha aqui neste fórum. Utilize para isso a secção de comentários em abaixo.

Carlos Rodrigues

Director de Marketing / Gestor de Marketing Digital

©Marketing Digital Portugal, Leiria

Anúncios
Posted in: Empreendedorismo