Marcas Atraem Clientes com Conteúdos

Posted on 15 de Abril de 2013 por

2


Marcas Atraem Clientes, imagem de Destaque

Marketing de Conteúdos: Como Empresas e Marcas Atraem Clientes

Neste artigo apresento-lhe um exemplo de uma empresa que sabe utilizar o Marketing de Conteúdos para atrair os seus clientes, isto é, sabe construir conteúdos que adicionam valor para o seu público. Vou falar-lhe da Zappos, a loja online de vestuário com grande sucesso no mercado online.

No artigo anterior, “Marketing de Conteúdos: Como Atrair Clientes para o Seu Negócio”, disse-lhe como pode iniciar a geração de conteúdo, quer seja para o seu website, blogue, ou redes sociais. A produção de conteúdo de qualidade tem como principal objectivo atrair potenciais clientes e, posteriormente, convertê-los. É, por isso, uma etapa obrigatória na sua estratégia de Marketing Digital.

Disse-lhe ainda no artigo anterior que tem que considerar dois tipos de conteúdos: conteúdo de base e conteúdo de comunidade. Agora irei mostra-lhe como a Zappos oferece ambos os conteúdos. Independentemente do facto do conteúdo ser de base ou de comunidade, ambos têm que se focar nos clientes, nas suas necessidades e nas suas experiências.

Adicionar valor no conteúdo de base

O website zappos.com foca a sua mensagem não apenas na descrição dos seus produtos, como também na utilidade para os seus clientes.

Adicionar Valor no Conteúdo Base - marketing de conteúdos

Adicionar Valor no Conteúdo Base

A Zappos não se limita a apresentar o produto. Mostra ainda a opinião dos outros clientes e apresenta um vídeo a realçar as características e utilidade do produto (é tudo sobre qual o valor para o cliente). Utiliza um bom balanço entre autopromoção e utilidade para o cliente.

Embora a intenção da Zappos seja vender o produto, eles estão comprometidos a integrar valor no conteúdo de base de modo a melhor servir os seus clientes.

Como é o conteúdo de comunidade

No seu blogue, a Zappos lançou uma campanha para promover a marca “Life is good”.  Através da venda de produtos desta marca, 10% do volume de vendas são doados à fundação de crianças desfavorecidas “Life is good”. O dinheiro angariado financia o programa “Life is good Playmakers”, que promove a formação e contratação de profissionais para cuidares das crianças, e visa garantir que elas possam crescer num ambiente seguro, agradável e com amor.

Conteúdo de Comunidade - Marketing de Conteúdos

Conteúdo de Comunidade

Para ajudar esta causa, os clientes podem comprar roupa para toda a família. Em baixo, algumas das peças de vestuário que podem ser adquiridas.

Ajudar crianças desvaforecidas - marketing de conteúdos

Ajudar crianças desvaforecidas

Este conteúdo é (quase) tudo sobre como ajudar crianças desfavorecidas e sobre a importância deste acto social. Isto é conteúdo comunitário. É indirectamente autopromocional. Dirige-se ao tipo de pessoas que a Zappos quer atrair. O meu palpite (e presumivelmente o palpite da Zappos) é que as pessoas que se preocupam com estas questões sociais querem fazer parte de uma empresa como a Zappos que mostra ter consciência social (o que significa que compram os seus produtos e juntam-se à comunidade).

Nos próximos artigos irei continuar com este tema, em particular irei escrever sobre como criar o seu conteúdo de base e de comunidade.

O que lhe pareceu este exemplo da Zappos? Agora que sabe como outras empresas e marcas atraem os seus clientes com marketing de conteúdo, pode começar a definir a sua estratégia, aquela que mais se adapta ao seu negócio online. E se partilhar comigo, poderei dar-lhe a minha opinião e conselhos. Para isso, utilize em baixo a secção de comentários.

Ruben Lisboa / Analista SEO

@Marketing Digital Portugal, Leiria

Anúncios